RFM

2021

A rádio das Grandes Músicas, das 10 músicas seguidas, do Café da Manhã com Pedro Fernandes, Mariana Alvim, Luís Franco Bastos, Salvador Martinha e Duarte Pita Negrão, a Rádio do “Que Barulho É Este, Na RFM?”, do Top 25 RFM, do Wi-Fi, do Oceano Pacífico e tanto mais. A RFM é dos Portugueses há gerações. A RFM é Património de um país, que já se faz ouvir no futuro.

RFM
valores da marca

Com o Mundo em mudança, há coisas que são imutáveis nos seus alicerces e valores. À distância de um botão no carro, ou de um clique no computador ou na App, encontra-se na RFM o mesmo sentido de pertença e proximidade de sempre, aliados a uma responsabilidade social ainda mais apurada, por força das circunstâncias e por força da consciência da importância do seu papel na sociedade: uma voz amplificada para mais de três milhões de ouvintes regulares no FM. Ouvintes que confiam no que ouvem, que reconhecem os locutores como parte da família e lhes seguem, muitas vezes, as tendências.

Assim, de dentro para fora, a RFM é o que sempre foi: Uma rádio que é família, que coloca a proximidade, não só como um valor intrínseco ao meio rádio, mas como um valor basilar para a sua Marca e para os seus comunicadores. Uma rádio responsável, positiva, divertida, humana, consciente e sempre inovadora, acompanhando as cada vez mais rápidas mudanças do Mundo, do meio e de quem a ouve. A RFM é uma rádio que ouve quem a ouve.

produtos e desenvolvimentos futuros

“Ouvir quem a ouve” é uma máxima que a RFM traz do passado, e que a vai distinguir sempre e colocar mais cedo no futuro.

A pandemia da COVID-19 está a mudar o Mundo e as Marcas a uma velocidade sem precedentes. Consciente desta realidade, a RFM mantém-se fiel aos seus valores e acredita que colocar o ouvinte no centro será sempre o que a colocará primeiro no futuro.

Desde o início desta pandemia que a RFM deu provas da sua constante e rápida adaptação às circunstâncias, bem como da sua enorme disrupção enquanto Marca. A sua longa vida como uma rádio de referência na história da comunicação em Portugal, permitiu à RFM perceber que as experiências e o caminho desbravado em 2020 eram o caminho futuro.

Assim, a RFM aumentou de forma robusta, sólida e criativa a sua presença no digital. São disso exemplos os Lives de Facebook do Wi-Fi – com Joana Cruz, Daniel Fontoura e Rodrigo Gomes -, que se mantêm e cujos videocasts, como “Cara Podre” ou “Tapa na Cara”, se tornaram Marcas dentro da Marca, largamente amplificadas e muitas vezes tornadas virais.

Consciente de que a flexibilidade ganhou um terreno sem precedentes, a RFM deslocou o seu programa Wi-Fi do final da tarde para a manhã, durante o mês de Agosto, como forma de dar um acordar com sabor a verão e descontração aos portugueses.

A aposta nos seus comunicadores e no humor continua central e é por isso que a RFM apresenta o grupo ao qual apetece pertencer durante o Café da Manhã. Pedro Fernandes, Mariana Alvim, Salvador Martinha, Luís Franco Bastos e Duarte Pita Negrão, continuam a abrir os microfones de manhã, como se abrissem as portas de suas casas.

Os comunicadores da RFM estão agora de portas abertas aos seus ouvintes mais do que nunca, num nivelamento de experiências entre animador-ouvinte que eleva a experiência da rádio ao nível mais imersivo de sempre. Foi assim que, durante a fase mais complicada da pandemia, a RFM (juntamente com a Renascença e a Mega Hits do Grupo Renascença Multimédia) decidiu dar aos seus ouvintes a mais inovadora e imersiva experiência, no Dia Mundial da Rádio. Conhecida por abrir as suas portas a milhares de ouvintes para mostrar os seus estúdios e animadores, na impossibilidade de o fazer, a RFM criou uma visita virtual 360, com uma navegação completamente controlada pelos visitantes e que lhes permitiu “visitar” de forma muito mais pormenorizada os estúdios, a equipa e os seus espaços, bem como descobrir muitas curiosidades sobre a RFM e as pessoas que a fazem.

A trabalhar o digital como extensão e aliado do FM, a RFM está também a desenvolver uma inovadora plataforma de podcasts que integrará os seus melhores conteúdos digitais, mantendo-se aberta aos conteúdos das outras rádios do Grupo e também de outros players e novos atores do digital, num lançamento inédito do Grupo Renascença Multimédia.

De olhos no digital, mas não esquecendo que a rádio também se faz fisicamente perto dos ouvintes, a Rádio repetiu, em 2021, a iniciativa de sucesso RFM Feeling Good Rolling Van, nas praias e esplanadas de Portugal e levou alguns ouvintes até ao Porto, para um concerto intimista com o Agir, no RFM Ibis Music.

Em 2021, a RFM fez ainda duas emissões ao vivo muito importantes. A partir do Aeroporto de Lisboa, despediu-se dos atletas portugueses dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Tóquio 2020. O Hino oficial de apoio aos atletas portugueses foi feito pela RFM, a quem se juntaram artistas conhecidos como Blaya, Fernando Daniel, João Pedro Pais, Nuno Ribeiro e Syro.

mercado

Num mercado que grita por flexibilidade, portabilidade, rapidez e criatividade, a RFM tem dado provas da sua inovação e criatividade, particularmente no que diz respeito à sua ligação com as Marcas. É disso exemplo a forma diferenciadora como apresentou ao Continente a promoção da sua Feira de Verão, com uma música da autoria de Rodrigo Gomes e Daniel Fontoura e com a marca descontraída e de humor do Wi-Fi da RFM. Se, durante 2020, a RFM lançou algumas ações inovadoras sem uma Marca associada, em 2021 a RFM aprimorou-as já com Marcas a bordo, o que atesta a confiança do mercado na visão que a RFM tem para o futuro da comunicação.

COMUNICAÇÃO

A RFM sabe bem o que quer para o futuro da sua comunicação: colocar sempre o digital como aliado e amplificador do FM e nunca como seu substituto; e dar passos na sua plataforma de podcasts, nos seus conteúdos virais, nas suas campanhas multiplataforma criativas, disruptivas e bem-sucedidas. Um caminho que, cada vez mais, faz da RFM uma referência enquanto plataforma Global de Comunicação.

vantagens competitivas

A história da RFM é feita de reconhecimento e confiança, que tem recebido ao longo dos anos, de diversas formas: sorrisos dos ouvintes, audiências históricas, assim como prémios e distinções. Em 2021, destacaram- -se: o galardão Superbrands que, uma vez mais, a distinguiu como uma Marca de Excelência em Portugal; a distinção Marca de Media com Melhor Reputação em Portugal, atribuído pelo estudo Global RepScore 2021, da On Strategy; o galardão de Bronze nos Prémios Lusófonos da Criatividade, na categoria Eventos de Marca, pela ação RFM Sente Portugal no Natal, projeto realizado em conjunto com a MOT e o apoio do Minipreço; e a distinção Rádio com Maior Índice de BrandEnergy 2021, pelo estudo da On Strategy.

RFM
sabia que?

• A RFM foi o único meio de comunicação social presente no Aeroporto Humberto Delgado para a despedida aos atletas paralímpicos portugueses, nos Jogos Paralímpicos Tóquio 2020. A Rádio considerou fundamental dar voz a estes atletas, que tanto dignificam a imagem de Portugal.

• Em 2021, a cada quatro meses, a RFM ganhou pelo menos uma distinção ou um prémio.

• Segundo o ranking de 2021 da NetAudience, a RFM foi a rádio com melhor performance no digital, com as audiências do seu site à frente de todas as outras rádios e tendo, inclusive, chegado ao Top 10 dos sites mais visitados de Portugal.

• Ao longo das quatro temporadas do jogo “Que Barulho é este, na RFM?”, a Rádio já ofereceu 600 mil euros aos portugueses.

JOÃO LOBO
JOÃO LOBO

Marketing Manager

contactos

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.