Edições

RTP

2019

A RTP é o operador português de serviço público de media. Tem uma história única, construída ao longo de décadas. Referência do audiovisual português, tem um património que se distingue pela qualidade e criação de valor da sua diversificada oferta. Tem como missão uma clara matriz de Serviço Público e pretende ser cada vez mais relevante no desenvolvimento social, cultural e económico do País, chegando com os seus conteúdos ao universo da população portuguesa.

RTP
valores da marca

A RTP desenvolve a sua atividade em torno dos valores comuns aos serviços públicos europeus: universalidade, independência, excelência, diversidade, responsabilidade e inovação. Na atual matriz europeia de serviço público, está igualmente consensualizado que o propósito dos operadores públicos de media vai para além do informar, educar e entreter, devendo estes contribuir para enriquecer a vida dos cidadãos e das comunidades onde se inserem. Dentro deste enquadramento global, que subscreve, a RTP privilegia na sua oferta de conteúdos e serviços, um aprofundamento dos valores da diversidade, alargando o número de formatos, conteúdos e serviços que oferece; inovação, viabilizando a produção de conteúdos e serviços não testados; qualidade e excelência, mantendo na produção de informação e na oferta de conteúdos e serviços todos os critérios que fazem da RTP uma Marca de referência para os portugueses.

produtos e desenvolvimentos futuros

A RTP é a empresa de media com mais história e tradição na comunicação social portuguesa: 84 anos de rádio, 62 anos de televisão e 21 anos de online.

A inovação tem sido, desde sempre, uma aposta da RTP. Pioneira em diversas áreas e tecnologias, com uma oferta multiplataforma, transversal, com soluções de interatividade, a RTP aposta em formatos diferenciadores.

A RTP1 disponibiliza uma informação de confiança, isenta e plural, uma programação variada, da ficção nacional ao humor de qualidade, valorizando os grandes eventos nacionais. A RTP2 contribui para a divulgação cultural de matriz europeia, dando particular atenção ao público infantil e juvenil. A RTP3, canal de notícias da RTP, dedica especial atenção à análise e reflexão dos temas abordados. A RTP Memória revisita o passado à luz das novas linguagens, valorizando a história e o património. A RDP e RTP Madeira e a RDP e RTP Açores, destinados às respetivas regiões autónomas, atendem às realidades sociais e culturais dessas regiões, valorizando a produção local. A RDP e RTP Internacional divulgam os interesses nacionais no que respeita à ligação às comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo ou à cooperação com os países de língua portuguesa. A RDP e RTP África promovem a língua e a cultura lusófona, valorizam o património comum, bem como os aspetos culturais específicos de cada país. Fazem ainda parte do universo RTP três rádios de cobertura nacional: Antena 1- canal generalista com informação e entretenimento; Antena 2 - canal de índole cultural vocacionada para programas de música erudita; e Antena 3 - emissão destinada ao público mais jovem e pioneira na promoção de novos talentos musicais.

A RTP é pioneira na área das novas tecnologias. A sua oferta integra, desde 2011, a RTP Play, serviço pioneiro para visualização e escuta de emissões online bem como de programas on-demand. Em 2014, lançou o Ensina RTP, plataforma agregadora de conteúdos interativos produzidos no universo RTP e destinado a alunos do ensino básico e secundário. Há ainda a referir o site RTP Arquivos, agora também com uma App, que disponibiliza ao público grande parte do seu espólio; a App ZIG ZAG, que abraça o público infantil; e a App RTP Notícias, a única no mercado que apresenta vídeo, texto e áudio em simultâneo, e emissões de televisão e rádio em direto.

Recentemente, a Marca celebrou diversas efemérides: os 50 anos da RTP2, os 25 anos da Antena 3, os 60 anos da RTP no Porto, os 60 anos do Telejornal e os 15 anos da RTP Memória. Já em 2019, a RTP iniciou um grandioso e inovador projeto: o Festival RTP Andamento.

mercado

A RTP tem um riquíssimo e inigualável património audiovisual que se confunde com a história de Portugal. É um player decisivo no mercado, num tempo desafiante do sector, a nível global e nacional, com alterações profundas, riscos e oportunidades.  A indústria de media está cada vez mais competitiva, internacionalizada e a oferta é cada vez mais fragmentada para novos hábitos de consumo, transversal a todos os públicos, mas mais evidente nos targets mais jovens. Os grandes desafios nacionais para os próximos anos não se distinguem da realidade internacional.

A necessidade de estar nos pontos de contacto relevantes para todas as audiências, nos suportes e formatos que melhor servem os seus interesses, fáceis de encontrar, com os conteúdos apelativos para cada grupo de consumidores, leva a RTP a alargar o seu portefólio de conteúdos e de plataformas de distribuição.

COMUNICAÇÃO

Atenta às transformações do mercado e consciente das novas tendências de consumo, a RTP serve distintos interesses culturais, geracionais e geográficos. Aposta no aprofundamento de uma estratégia de segmentação do público, respondendo às diferentes necessidades e interesses com o seu vasto portefólio e canais, antenas e serviços, cuja matriz se cruza. Com o objetivo de aproximar a RTP dos portugueses, a Marca continua, ao longo de mais 60 anos, a fazer história e a mostrar a história. Continua a fazer parte da vida dos portugueses e, ao longo do ano, foram diversas as campanhas desenvolvidas para as suas Marcas e produtos que ilustraram este posicionamento.

vantagens competitivas

A RTP voltou a ser, em 2018 e 2019, uma referência do audiovisual português, tendo recebido prestigiados prémios, dos quais se destacam os mais recentes: A RTP e o jornalista José Rodrigues dos Santos foram distinguidos como Marca e Personalidade de Confiança 2019. A Informação da RTP foi considerada a mais confiável em Portugal, de acordo com o Digital News Report 2019. A RTP integrou o ranking #10 Randstad, tendo sido considerada uma das empresas mais atrativas para trabalhar. Na área da Criatividade em Autopromoção e Inovação da M&P, recebeu várias distinções, com particular destaque para o projeto ESC2018, tendo ganho um ouro e uma menção especial do júri.

Os jornalistas Ana Luísa Rodrigues da RTP, e Mário Rui Cardoso, da Antena 1, foram distinguidos com os prémios Gazeta da Televisão e Gazeta de Rádio 2018, pelas suas reportagens “Deportados para Outro Mundo”
e “Teremos Sempre Paris”, respetivamente.

O jornalista Hugo Gilberto da RTP recebeu o galardão CNID para melhor editor desportivo. Eduardo Gonçalves foi também distinguido na categoria de rádio, com a Antena 1, com o prémio Artur Agostinho.

A grande reportagem “Sarampo à espreita – Vacina previne” ganhou o primeiro lugar do prémio de jornalismo GSK na área da vacinação. Na Antena 1, a grande reportagem “Zohra: uma partitura para a liberdade” foi a vencedora do prémio de jornalismo
“Os Direitos da Criança em Notícia”.

A jornalista Teresa Nicolau, editora de cultura da RTP, foi distinguida pela SPA com o prémio José da Ponte. Na ficção, a Marca voltou a destacar-se e a ser premiada com séries como “3 Mulheres” e “Sara”.

RTP
sabia que?

A RTP é a maior empresa de media em Portugal, não só pelo número de canais que disponibiliza e pela oferta abrangente de conteúdos audiovisuais multiplataforma, mas também por um know-how sólido, resultado de mais de 80 anos de experiência.

A RTP é o grupo de media das pessoas com necessidades especiais. Mais do que uma obrigação, está na vocação da RTP ser o grupo de media mais próximo do público com necessidades especiais.

Jornalistas da RTP e a própria televisão pública foram, em 2019, distinguidos pela Associação Nacional de Treinadores de Futebol.

MARINA RAMOS
MARINA RAMOS

Diretora de Marketing Estratégico e Comunicação da RTP

contactos

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.