Edições

MERCEDES - BENZ

2019

Com mais de 130 anos de existência, a MERCEDES-BENZ sempre revolucionou e ajudou a moldar a mobilidade individual. Hoje, volta a liderar a mudança e o virar de mais uma página na indústria automóvel, com o lançamento de uma gama de automóveis de passageiros e veículos comerciais integralmente elétrica, no espaço de três ciclos de produto. Um desafio tecnológico e financeiro com que a Marca se compromete em nome de um mundo mais sustentável.

MERCEDES - BENZ
valores da marca

First Move the World - “Primeiro, movimentar o mundo”. Este é o propósito da MERCEDES-BENZ para um futuro onde o seu negócio e o seu papel na indústria automóvel contribuem para um mundo cada vez mais sustentável. Mais do que um valor da Marca, é um ambicioso plano de ação formado por quatro elementos que, juntos, asseguram que a Marca desenvolve soluções que contribuem para um futuro melhor: que ajudem a reduzir as emissões de CO2; que contribuam para a purificação do ar; que dêem primazia à conservação de recursos e que ajudem a criar o paradigma de uma condução sem acidentes. O primeiro passo: lançar uma gama de automóveis MERCEDES-BENZ com emissões neutras de carbono até 2039. Tudo isto porque, para a Marca, o Acordo de Paris é mais do que uma obrigação - é uma convicção. Mas também é um desafio, tanto do ponto de vista tecnológico, como financeiro. Para levar este propósito a bom porto, a MERCEDES-BENZ quer retomar o papel dos seus fundadores, Carl Benz e Gottlieb Daimler. Se há 130 anos, a dupla arquitetou uma mobilidade sem recurso a cavalos, hoje, a Marca quer ser arquiteta de uma mobilidade sem emissões.

produtos e desenvolvimentos futuros

A MERCEDES-BENZ assume objetivos de sustentabilidade para o curto, médio e longo prazo. A face mais imediata desta transformação é a chegada do primeiro MERCEDES-BENZ totalmente elétrico. Sob a sigla EQ, o novo EQC, é um modelo com um consumo médio combinado de 20.8 - 19.7 kWh/100km e emissões de CO2 de 0 g/km. O lançamento no mercado dos híbridos plug-in
de terceira geração é outro passo dentro da iniciativa elétrica da MERCEDES-BENZ, que oferece aos clientes os benefícios de dois mundos: na cidade, funcionam de modo totalmente elétrico, enquanto em viagens longas beneficiam do alcance do motor de combustão. A jusante, outras medidas começam também a ser implementadas. É o caso da Factory 56, uma nova unidade da fábrica em Sindelfingen, Estugarda, que utiliza energias renováveis e que terá, desde o primeiro momento, emissões neutras de carbono, tratando-se de uma solução que será replicada em todas as fábricas europeias da Marca. Também na nova fábrica de Jawor, na Polónia, a produção de energia eólica mostra como não só é possível transformar o processo de fabrico em algo sustentável, como também baixar os custos face à eletricidade produzida por métodos convencionais.

A Marca da estrela está empenhada em oferecer aos seus clientes a possibilidade de fazerem parte do movimento da sustentabilidade. Por isso, está em curso a implementação da Mercedes Me Charge, um sistema que permitirá aos condutores carregarem os seus automóveis elétricos com recurso a energia proveniente de fontes renováveis.

Para o médio e longo prazo, a MERCEDES-BENZ está empenhada no desenvolvimento de uma gama de veículos elétricos que represente mais de metade das vendas em 2030, entre elétricos e híbridos plug-in. Em termos financeiros, este passo para um mundo mais sustentável representa um investimento de mais de dez mil milhões de euros na expansão da sua gama de automóveis e comerciais elétricos, bem como um montante adicional de mil milhões de euros a serem aplicados na produção de baterias. Com isto, dez novos automóveis elétricos irão entrar em produção e, a partir de 2022, a produção das fábricas situadas na Europa utilizará energia renovável e terá emissões neutras de CO2.

mercado

A MERCEDES-BENZ está a aumentar o ritmo da eletrificação do automóvel. Em 2025, toda a gama de produtos da MERCEDES-BENZ Cars terá diferentes alternativas elétricas, disponíveis em todos os segmentos. Existem planos para mais de 130 variantes, desde modelos de
48 volts até uma ampla gama de híbridos plug-in e veículos totalmente elétricos.

Esta iniciativa elétrica tem a assinatura da nova tecnologia EQ, sinónimo de "Inteligência Elétrica", e extrai a sua força dos dois valores centrais da MERCEDES-BENZ: emoção e inteligência.

Os primeiros híbridos plug-in de terceira geração EQ Power, com especial enfoque no Classe A, B, C, GLC, E, GLE e S, serão entregues ao longo dos próximos meses. A bateria dos veículos híbridos é emparelhada com um motor a gasolina ou com um motor a diesel. Outra novidade mundial é a combinação de tecnologia híbrida plug-in com uma célula de combustível no novo MERCEDES-BENZ GLC F-CELL.

Há também a destacar a tecnologia EQ Boost, para a eletrificação de motores de combustão modernos através da integração de um sistema elétrico interno de 48 volts. O alternador integrado ou acionado por correia, dependendo da versão do motor, é responsável por funções híbridas, como Boost ou Recuperação, permitindo simultaneamente a economia de combustível, antes reservada à tecnologia híbrida de alta tensão. Além de reduzir o consumo e o CO2, esta tecnologia aumenta o conforto e o desempenho dos modelos.

COMUNICAÇÃO

A MERCEDES-BENZ lidera atualmente todos os indicadores de marketing e comunicação em relação aos seus concorrentes diretos, sendo a Marca automóvel com maiores níveis de recordação publicitária e maiores níveis de notoriedade (fonte: Estudo Publivaga da Marktest).

O sucesso desta estratégica mede-se pelo grau de satisfação dos seus clientes, que encontram na Marca e na sua rede de concessionários e oficinas autorizadas, a promessa de trabalharem para o lema dos seus fundadores — “The best or nothing”.

vantagens competitivas

Apesar do automóvel com baterias elétricas ser o principal foco do desenvolvimento da próxima geração de automóveis, hoje ainda não é possível saber com certeza absoluta qual é o "mix" de propulsão que melhor servirá os automobilistas no espaço de duas décadas. E é aqui que reside uma enorme vantagem competitiva da MERCEDES-BENZ no tema da mobilidade sustentável: a Marca encoraja políticas de neutralidade tecnológica, deixando claro que o seu objetivo é caminhar em direção a um mundo mais sustentável, sem fechar um caminho dogmático. Por isso, continua a trabalhar soluções alternativas, como é o caso da tecnologia fuel cell, ou eFuels, presente no GLC F-CELL: um automóvel movido a hidrogénio com um consumo combinado de 0.34 kg/100 km e emissões combinadas de 0 g/km.  Este mesmo foco na diversificação e disseminação das futuras tecnologias de mobilidade permite-lhe ainda estabelecer sinergias com parceiros de renome e startups que, todos os dias, trazem algo de novo à equipa de investigação e desenvolvimento da Marca, contribuindo para o aumento da performance dos seus veículos elétricos e para a diminuição de custos. Além dos veículos de passageiros, os planos da MERCEDES-BENZ

passam pela eletrificação dos seus veículos comerciais, entre eles o eVito, já em comercialização, ou mesmo dos seus veículos pesados e autocarros. Graças ao seu desenvolvimento modular, a transferência de tecnologia entre divisões é efetuada de forma muito rápida.

MERCEDES - BENZ
sabia que?

Os clientes podem configurar o seu MERCEDES-BENZ EQC com estofos feitos de garrafas de plástico PET, 100% recicladas.

Cerca de 100 componentes do MERCEDES-BENZ EQC são feitos de substâncias recicladas ou matérias-primas renováveis, como o cânhamo, o kenaf, o algodão, o papel e a borracha natural.

JORGE AGUIAR
JORGE AGUIAR

Diretor de Marketing da Mercedes-Benz

contactos

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.