Edições

DIÁRIO DE NOTÍCIAS

2021

O DIÁRIO DE NOTÍCIAS (DN) é um jornal centenário que não para de se reinventar, sempre como uma fonte de informação independente e plural, que disponibiliza a informação em plataforma digital e em papel. Uma referência na informação, com 2,5 milhões de utilizadores únicos, 10,5 milhões de visitas e 21,3 milhões de páginas vistas na versão digital, sendo que a sua versão em papel é lida por quase 153 mil pessoas.

DIÁRIO DE NOTÍCIAS
valores da marca

O DIÁRIO DE NOTÍCIAS é uma Marca que, em 2022, assinala 158 anos de histórias, que faz parte da História do País. É uma referência no jornalismo português, e rege-se pelo rigor, isenção, credibilidade e proximidade.

O rigor está assente no seu jornalismo, cuidado, realista e verdadeiro. Não se deixa levar por tendências e espera confirmações. A sua isenção pretende traçar um caminho independente num mundo em que os media se encontram sob o fogo cruzado de influências e pressões. Tudo isto conduz à credibilidade. A proximidade é dada por uma certa forma de contar as histórias que interessam às pessoas, ao seu dia-a-dia, às suas preocupações.

produtos e desenvolvimentos futuros

O DIÁRIO DE NOTÍCIAS é um jornal de referência, que atravessa gerações, desde 1864. E agora, ao minuto, no digital, e com uma edição em papel todos os dias nas bancas, onde a história e o futuro caminham de mãos dadas, num caminho permanente de renovação.

A renovação é apresentada aos leitores através de um novo grafismo, novas secções e novas rúbricas, grandes entrevistas, mais reportagem e novos colunistas. A dar palco aos grandes temas da política, da economia, do que se passa nas grandes cidades, sem esquecer os temas estruturantes da sociedade portuguesa, do internacional, do desporto e da cultura. De sexta a domingo o DIÁRIO DE NOTÍCIAS contará ainda com quatro suplementos: Evasões, com o lado bom da vida; DN+, com cultura e lifestyle; Dinheiro Vivo, com a economia útil para o dia-a-dia; e a Notícias Magazine, com tudo sobre família e comportamento humano.

Também o site será renovado, com navegação melhorada e aposta reforçada no vídeo, na infografia e nos podcasts.

mercado

A edição digital do DIÁRIO DE NOTÍCIAS é uma referência na informação, com 2,5 milhões de utilizadores únicos, 10,5 milhões de visitas e 21,3 milhões de páginas vistas na versão digital, sendo que a sua versão em papel é lida por quase 153 mil pessoas.

COMUNICAÇÃO

A campanha de relançamento do DN, no âmbito do seu 156º  aniversário, não se esgotou no Jornal e contou com os meios do Global Media Group e meios externos para fazer jus a este marco histórico. Assim, a cidade de Lisboa acordou com as principais artérias cobertas de balões de aniversário e houve ardinas, como antigamente, a oferecer o DIÁRIO DE NOTÍCIAS nas ruas, gratuitamente. Os locais de distribuição foram os seguintes: Av. João II, no Parque das Nações; Av. da Igreja, em Alvalade; Largo Camões e Largo Cauteleiro, no Chiado; Av. da Liberdade e Marquês de Pombal; e Atrium Saldanha.

Ao longo desse dia festivo, houve ainda algumas ações dedicadas a um grupo restrito de convidados, por via das restrições da pandemia da COVID-19, como o momento bolo de aniversário/Parabéns na redação do DIÁRIO DE NOTÍCIAS e uma sessão especial de cinema onde foi exibido o filme “Ordem Moral”, uma história verídica de há 100 anos, com Maria de Medeiros a interpretar o papel de Maria Adelaide, proprietária e filha do fundador do DN. Finalmente, a “terminar” com chave de ouro, os leitores do Jornal foram todos convidados a brindar, literalmente, o aniversário do DIÁRIO DE NOTÍCIAS. Assim, na compra do DN, bastava pedir no quiosque e era oferecida uma garrafa de espumante para celebrar este momento, que se pretende que simbolize uma viragem positiva também nas vidas dos portugueses, como a mudança para um novo ano.

vantagens competitivas

Com a missão de informar com independência, rigor, credibilidade e inovação, o DIÁRIO DE NOTÍCIAS é o mais antigo jornal português de âmbito nacional, que todos os dias renova o compromisso com a verdade, a independência e o serviço ao cidadão.

Ao longo da sua história, o DIÁRIO DE NOTÍCIAS tem acumulado vários prémios internacionais. O site DIÁRIO DE NOTÍCIAS foi distinguido com o Prémio FWA 2011, na categoria Site, Mobile a Aplicações iPhone/iPod e com o Prémio Meios & Publicidade Design 2009, na categoria de Design Editorial, que elegeu o site do DIÁRIO DE NOTÍCIAS como o Melhor Site de Informação. Na categoria de Mobile, os prémios multiplicaram-se: Prémio The Mobi Award 2011, na categoria de Best Mobile App for Editorial Content para a App iPad; Prémio FWA 2011, na categoria Site, Mobile e Aplicações iPhone/iPad; Prémio Sapo 2011 (Bronze), na categoria Media e Educação; e Prémio Meios & Publicidade Design 2012, na categoria Aplicação para Tablet. Também na categoria Imprensa, o DN somou distinções: a SND/The Society for Newspaper Design atribuiu 34 prémios ao DN, na categoria The Best of Newspaper Design, entre 1992 e 2006; nos European Newspaper Design Award, o galardão Europe's Best Designed Newspaper Awards of Excellence foi ganho 38 vezes pelo DN, entre 1999 e 2008; The Society for Newspaper Design, na categoria Capítulo Espanhol, atribuiu 36 prémios ao Jornal, entre 2004 e 2012; foi distinguido pelos Prémios ÑH, na categoria Lo Mejor del Diseño Periodístico de España e Portugal, em 2004, 2005, 2006 e 2012; e venceu os Prémios Meios e Publicidade, na categoria Design Editorial, em 2016. Mais uma vez, em 2021, o DIÁRIO NOTÍCIAS foi distinguido com o galardão Superbrands, uma Marca de Excelência em Portugal.

DIÁRIO DE NOTÍCIAS
sabia que?

• O DIÁRIO DE NOTÍCIAS é um marco de inovação: criou a profissão de ardina em Portugal; foi responsável pela introdução no País da Linotype, uma máquina de impressão em série; em 1921 lançou uma edição semanal em francês; e, mais recentemente, foi o primeiro jornal centenário, em Portugal, a ter uma versão digital.

• O Mistério da Estrada de Sintra, escrito por Eça de Queirós e Ramalho Ortigão, foi impresso no DIÁRIO DE NOTÍCIAS, entre 24 de julho e 27 de setembro de 1870, em formato de folhetim. A 10 de junho de 1880, Os Lusíadas tiveram a sua primeira grande edição pelas mãos do DN. O Jornal ofereceu 30 mil exemplares deste poema épico aos leitores e às escolas do País.

• Entre 1934 e 1940, Almada Negreiros pintou os frescos da sede do DIÁRIO DE NOTÍCIAS, na Avenida da Liberdade.

• O DN noticiou a queda da Monarquia e a Implantação da República em Portugal, a Primeira Guerra Mundial, o golpe militar de 28 de Maio de 1926 e a chegada do Estado Novo, a Segunda Guerra Mundial, o 25 de Abril de 1974, o PREC e a adesão de Portugal à União Europeia.

TIAGO SENNA
TIAGO SENNA

Direção de Coordenação Institucional, Corporativa e Comunicação

contactos

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.