NELSOND

Edições

VISTA ALEGRE

2020

A VISTA ALEGRE, uma Marca portuguesa de referência, continua a investir no melhor design e na qualidade de fabrico das suas peças, aliados a uma ambiciosa política de expansão internacional. Sendo escolhida por um público cada vez mais diversificado, a VISTA ALEGRE disponibiliza uma oferta crescente de peças em porcelana, cristal, vidro, cutelaria e, mais recentemente, têxtil, consolidando-se como um exemplo de inovação e vitalidade ímpares num mercado global altamente competitivo.

VISTA ALEGRE
valores da marca

Os valores desta Marca centenária continuam a refletir a visão do seu fundador, José Ferreira Pinto Basto, obreiro do primeiro complexo industrial em Portugal, um homem à frente do seu tempo, pela visão humanista e filantrópica que colocou em todos os seus ambiciosos projetos de empreendedorismo. Foi ele que, há mais de 196 anos, lançou os pilares para a longevidade e sucesso da VISTA ALEGRE. A Marca está intimamente ligada à cultura portuguesa, graças a múltiplas colaborações com artistas portugueses de renome, mas também se associa a criadores de todo o mundo, apostando igualmente na promoção de novos talentos de várias áreas, através de iniciativas como as residências artísticas ID Pool – International Design Pool. Uma estratégia que contribui, desde 1824, para a construção da sua identidade singular, contemporânea e cosmopolita, sempre atenta ao seu inestimável património histórico e artístico.

Em 2001, num passo estratégico para o seu crescimento e projeção nacional e internacional, o Grupo Vista Alegre funde-se com o Grupo Atlantis, dando origem a uma das maiores empresas europeias de tableware e giftware: o Grupo Vista Alegre Atlantis. Em 2009,

a Empresa é adquirida pelo Grupo Visabeira, alcançando uma maior dimensão e projeção a nível mundial. Em 2016, os segmentos de porcelana, cristal e vidro agregam-se sob um mesmo nome, VISTA ALEGRE, facilitando assim a implementação internacional da Marca.

Neste processo de transição e consequente expansão, revelam-se decisivas as parcerias estabelecidas com designers, ilustradores, artistas plásticos, arquitetos e fotógrafos, entre outros criadores de todo o Mundo. Também muito relevantes continuam a ser as parcerias com Marcas de projeção global, como Christian Lacroix Maison, Oscar de la Renta ou Ross Lovegrove e, mais recentemente, Claudia Schiffer.

produtos e desenvolvimentos futuros

O ano 2020 tem sido marcado por novas conquistas. A VISTA ALEGRE expandiu as suas coleções para novas áreas – reforçando
a sua ligação ao design, arte e cultura –, mantendo a sua participação em projetos de responsabilidade social.

"Cloudy Butterflies" é a designação da coleção assinada por Claudia Schiffer, composta por três peças em art glass – um centro de mesa, uma jarra alta e uma jarra baixa. Esta coleção requer um alto nível de execução técnica e um longo processo artesanal. Os vasos em particular são produzidos utilizando a complexa técnica "incalmo", frequentemente utilizada na Idade Média. Demonstrando o domínio dos fabricantes de vidro da Marca, estas peças, além de serem sopradas e manuseadas sem molde, apresentam a dificuldade acrescida de fundirem horizontalmente as várias cores a quente, sem
as misturar.

No que diz respeito à colaboração com artistas de renome, Marcel Wanders oferece uma nova variação da sua coleção original Blue Ming, enquanto Vortex de Ross Lovegrove representa um verdadeiro desafio à produção de porcelana. Dois projetos da VISTA ALEGRE que revelam a sua proximidade com o melhor design contemporâneo.

Lançada em parceria com a ONG brasileira Ecoarts Amazõnia, a coleção Amazõnia continua a crescer. O trabalho
conjunto dos pintores da VISTA
ALEGRE e das mulheres indígenas Kayapo, chamam a atenção para o património cultural, social e ambiental da maior floresta tropical do mundo. Parte das receitas desta coleção reverte diretamente para os artistas Kayapo e para a reflorestação da Amazónia, onde a Ecoarts opera. As peças originais pintadas à mão são doadas a museus de todo o mundo, celebrando a união entre uma cultura antiga e uma Marca de luxo, em prol da preservação desta floresta tropical.

No segmento iluminação, a VISTA ALEGRE reinventou a iluminação em porcelana e cristal. Para o desenvolvimento de peças marcadamente contemporâneas, estabeleceu uma parceria com o designer Ross Lovegrove, conhecido por desafiar os limites dos materiais e colocar a tecnologia ao serviço do Homem. Artistas como Pablo Mateu Andújar, que desenvolveu peças em porcelana translúcida, ou Mendel Heit, que uniu de forma fascinante porcelana e cristal, são outros nomes fundamentais neste segmento.

Na cutelaria, além do design elegante e contemporâneo, a VISTA ALEGRE trabalha com matérias-primas da mais alta qualidade, com uma produção maioritariamente manual. Mais recentemente, lançou
a coleção Prism, inspirada na coleção Bicos (vidro) e a linha Perle, na versão mate e versão ouro. Coleções como Domo, Domo Handle MattGold ou Velvet são apenas alguns exemplos da diversidade que a Marca apresenta neste segmento.

A VISTA ALEGRE marca também a sua entrada num novo segmento – o têxtil – com écharpes e mantas inspiradas nas coleções Duality, Amazõnia, Transatlântica e Ivory. Uma estreia no universo sofisticado da decoração de casa e lifestyle.

mercado

A VISTA ALEGRE tem a sua sede em Ílhavo e opera em seis unidades industriais situadas na Região Centro e Norte. Em Portugal, detém 29 lojas próprias, sete delas Outlet. Em Espanha, encontra-se representada em 44 áreas comerciais, possuindo uma flagship store em Madrid e outra no coração de Barcelona. No Brasil, destaca-se a loja de São Paulo, numa das principais zonas de prestígio da cidade, com cerca de 330 m2. Dando continuidade à sua estratégia de internacionalização, a Marca tem outras lojas abertas a nível mundial, nomeadamente em Luanda, Maputo e Kuwait.

A VISTA ALEGRE registou, em 2019, um volume de negócios de 120 milhões de euros, dos quais cerca 72,5% registaram-se nos mercados externos; com um aumento da faturação de 21%, relativamente ao ano anterior. De registar ainda nesse ano, resultados líquidos de 7,5 milhões de euros.

COMUNICAÇÃO

A comunicação da VISTA ALEGRE utiliza um leque de canais diversificado a nível nacional e internacional. A Marca aposta nos meios digitais, com uma presença dinâmica nas redes sociais; na comunicação "one to one";
e
nas principais revistas de decoração e lifestyle. O seu empenho na inovação, no design e na internacionalização, tem gerado resultados muito positivos, reconhecidos a nível internacional.
Em 2019, recebeu alguns prémios de comunicação, dos quais se destaca o German Design Award, atribuído ao catálogo que a Marca produz anualmente.

vantagens competitivas

Hoje, a VISTA ALEGRE é mais do que uma fábrica de porcelana. O Lugar da Vista Alegre – em Ílhavo, em frente ao espelho de água do Rio Bôco –, é um conjunto arquitetónico de inegável interesse, um lugar cheio de memórias sociais e artísticas, um pilar da identidade nacional portuguesa. A riqueza da história, os valores culturais, artísticos e humanitários e a tradição universalista da VISTA ALEGRE fazem deste espaço um património único, que tem obtido um reconhecimento internacional cada vez maior. O projeto de reabilitação do Lugar da Vista Alegre foi galardoado pela Comissão Europeia, com o prémio RegioStars, que distingue os melhores projetos europeus na categoria "Escolha do Público".

Os diversos prémios recebidos nos últimos anos pela Marca – entre os quais, o Red Dot Design Award, o Wallpaper Design Award, o Good Design Award, o Iconic Awards, o LIT Lighting Design Awards e o German Design Award – vêm reafirmar a VISTA ALEGRE como uma referência no âmbito do design e da criação artística.

Até setembro de 2020, a VISTA ALEGRE foi galardoada com mais 11 prémios, dos quais se destaca o reconhecimento do German Design Award à coleção "Cloudy Butterflies" de Claudia Schiffer.

VISTA ALEGRE
sabia que?

O Museu Vista Alegre abriu em 1964, para exibir ao público as suas peças históricas, representativas do longo e enriquecedor caminho percorrido pela Marca.

A primeira loja VISTA ALEGRE abriu em 1880, nos números 20 e 23, no Chiado, em Lisboa. Ainda hoje é considerada uma das mais icónicas lojas da Marca.

NUNO BARRA
NUNO BARRA

Administrador

contactos

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.