Edições

CARTUXA

2018

A Marca CARTUXA é um dos principais ativos da Fundação Eugénio de Almeida e a Marca “umbrela” da Adega CARTUXA, do Lagar CARTUXA, do Enoturismo CARTUXA e da Enoteca CARTUXA. A insígnia CARTUXA traduz a identidade dos vinhos Vinea CARTUXA, EA, CARTUXA, Scala Coeli e do mítico Pêra-Manca. Os azeites Álamos, EA e CARTUXA são também sinónimos de qualidade.

CARTUXA
valores da marca

Os vinhos da Adega CARTUXA constituem-se como uma das mais valiosas e conceituadas Marcas nacionais. A sua singularidade é reconhecida não apenas pelos consumidores, que lhe dedicam fidelidade e lhe realçam a excelência, mas também enquanto Marca de valorização do que é português. Os valores CARTUXA, expressos na excelência, qualidade e individualidade – num estilo muito próprio que marca a diferença e define um clássico do Alentejo – são as características fundamentais que distinguem a Marca. Ao vinho junta-se o azeite, o Enoturismo e a Enoteca, onde se faz a perfeita harmonização entre a gastronomia alentejana e os vinhos da Adega CARTUXA.

produtos e desenvolvimentos futuros

Nos últimos dez anos, a Fundação Eugénio de Almeida investiu 50 milhões de euros e prevê crescer ainda mais, valorizando as suas Marcas  e respondendo de forma cada vez mais eficaz aos mercados. Com a construção de duas novas adegas, das mais modernas que se podem encontrar a nível mundial, investiu também na plantação de novas áreas de vinha, de olival, na edificação de um lagar de azeite e na criação de Marcas que suportam a comercialização do azeite embalado.

Para os próximos anos, a Fundação Eugénio de Almeida tem em curso um ambicioso projeto para continuar a crescer na produção de vinho e azeite de qualidade e ambiciona lançar uma Marca própria de amêndoa.

Graças ao regadio do Alqueva, a área de olival onde se produz o azeite EA e CARTUXA pode mesmo duplicar a sua produção nos próximos anos. Neste momento, no Lagar CARTUXA produz-se azeite extraído exclusivamente das azeitonas dos 400 hectares de olival próprio.

A área de vinha da Fundação Eugénio de Almeida também está a crescer. Em 2008 eram 301 ha e, em 2018, são já 594 ha. No próximo ano está previsto serem explorados 1.000 ha, contando com a contratação de vinha a outros produtores. Um exponencial crescimento que vem dar resposta à crescente procura das Marcas de vinho CARTUXA. Numa estratégia de diversificação, a Fundação está ainda a plantar 140 hectares de amendoeiras. Os pomares da primeira fase de plantação estarão em produção plena este ano e é por isso muito provável que seja lançada brevemente uma nova Marca de amêndoas associada à excelência reconhecida pelos consumidores à insígnia.

mercado

Os vinhos e os azeites da Fundação Eugénio de Almeida são comercializados em Portugal e no estrangeiro. Em 2018, as vendas entre o mercado nacional e o de exportação equivalem-se — 50% cada -, contudo o histórico é de predominância do mercado nacional, com 55% a 60% do valor de vendas. Os vinhos e os azeites da Fundação Eugénio de Almeida estão presentes em cerca de 20 mercados internacionais, sendo que o Brasil, Angola e a América de Norte são os principais destinos de exportação.

COMUNICAÇÃO

Os vinhos produzidos na Adega CARTUXA são um caso de sucesso. E o mesmo acontece com o azeite. Com uma qualidade, consistência, carácter e prestígio reconhecidos pelo consumidor, a sua força está na sua credibilidade. Um património que tem vindo a ser reforçado com a abertura ao público de outros espaços, como o Enoturismo CARTUXA, primeiro, e a Enoteca CARTUXA e a Cafetaria do Páteo de São Miguel, mais recentemente.

A estratégia da Marca CARTUXA passa por transmitir os principais valores e atributos dos seus produtos não só ao público especializado, mas também aos novos consumidores de vinho e azeite. A aposta em duas referências de vinhos biológicos, o EA branco e o EA tinto, reforça a preocupação numa agricultura sustentável.

Com grande notoriedade junto dos enófilos e do consumidor em geral, os vinhos da Adega CARTUXA são uma referência a nível nacional e internacional.

A aproximação ao mundo das artes, e da música em particular, tem sido reforçada ao longo dos últimos anos. Em 2016, foi lançada uma campanha com cinco artistas: um pintor, um fotógrafo, uma poetisa, uma coreógrafa e uma banda de música. Em 2017, a campanha teve um carácter mais intimista com as EA LIVE Sessions e, em 2018, surgiu o projeto EA LIVE Évora e EA LIVE Lisboa. Em Lisboa, o Coliseu dos Recreios foi o palco escolhido para um "fast festival" e, em Évora, o EA LIVE apresentou-se em formato "slow fest" nos meses de junho, julho e agosto, com concertos únicos ao ritmo tranquilo dos fins de tarde de verão. O EA LIVE Évora deu ainda mais significado a dois dos espaços mais icónicos da Fundação Eugénio  de Almeida: o Páteo de São Miguel e a Adega CARTUXA.

Um brinde à arte de fazer música que é também um brinde à arte de produzir vinho.

vantagens competitivas

Reconhecidos e valorizados pelos consumidores, os vinhos da Adega CARTUXA são sinónimo de qualidade e confiança. São eles também o principal ativo do projeto agro- -industrial da Fundação Eugénio de Almeida.

A aposta na criação de produtos de excelência tem sido reconhecida com diversos prémios e distinções nacionais e internacionais de que se destacam os mais recentes: O Pêra-Manca branco 2014 foi distinguido com 95 pontos, em 100, pela revista americana Wine Enthusiast e foi eleito o 13.º melhor vinho pelo Top 100 de 2017. O Espumante CARTUXA Bruto Reserva 2011 foi distinguido com medalha de ouro no Brut Experience 2018. Os espumantes CARTUXA receberam também medalha de prata pela Wine Pleasures e entraram na restrita lista dos "50 Great Sparkling Wines of the World".

O vinho CARTUXA tinto 2014 foi galardoado com o prémio Premium Gold, no Concurso Vinhos de Portugal 2018, promovido pela Viniportugal. Já o Pêra-Manca Tinto 2013, a mais recente colheita do vinho topo de gama da Adega CARTUXA, foi eleito um dos 30 melhores vinhos portugueses apresentados ao mercado em 2017.

O vinho EA tinto Reserva 2015 recebeu a medalha de Platina pela Decanter Asia Wine Awards, um dos mais altos galardões do concurso, na  categoria de melhor vinho tinto português em prova (Best Red Portugal).

Por sua vez, o CARTUXA Colheita tinto 2013 e o CARTUXA Reserva tinto 2013 foram distinguidos com uma medalha de prata
na International Wine & Spirit Competition.

Também o azeite extra-virgem CARTUXA viu a sua qualidade excepcional ser distinguida, desta vez pelo Great Taste Awards 2017, o maior e mais conceituado evento do mundo do azeite.

CARTUXA
sabia que?

A Fundação Eugénio de Almeida é uma instituição de direito privado e utilidade pública, sediada em Évora. Os seus Estatutos foram redigidos por Vasco Maria Eugénio de Almeida, que a criou em 1963. A primeira fase da vida da Fundação foi marcada pela personalidade desse grande mecenas e filantropo, que assegurou a direção efetiva da Instituição até à sua morte, em 1975. A vocação Institucional da Fundação Eugénio de Almeida concretiza-se nos domínios cultural e educativo, social e espiritual visando o desenvolvimento humano pleno, integral e sustentável, com especial incidência na região de Évora.

O Pêra-Manca tinto tem uma edição limitada. Da colheita de 2011 apenas foram engarrafadas 31 mil garrafas. Com esta colheita foi introduzido um selo que garante a autenticidade do vinho.

O Enoturismo CARTUXA, localizado na Quinta de Valbom, com 60 hectares de vinha em modo de produção biológica, localiza-se numa adega do século XVIII. É nos antigos refeitórios dos monges Cartuxos que estagiam os vinhos de topo em grandes tonéis de madeira de carvalho.

Reforçando a estratégia da promoção da cidade de Évora e do Alentejo, a Fundação Eugénio de Almeida inaugurou em 2016 uma Enoteca – a Enoteca CARTUXA - onde se faz a perfeita harmonização entre os vinhos da Adega CARTUXA e a gastronomia alentejana. Na loja da Enoteca CARTUXA encontram-se os azeites do Lagar CARTUXA - EA, Álamos e CARTUXA – os vinhos da Adega CARTUXA, mas também presuntos e enchidos que têm origem nos montados da Fundação Eugénio de Almeida.

Conselho Executivo da Fundação Eugénio de Almeida
Conselho Executivo da Fundação Eugénio de Almeida

Conselho Executivo da Fundação Eugénio de Almeida

contactos

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos ao seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.