NELSOND

Edições

BOM PETISCO

2016

Desde 1962 que o Oceano Atlântico traz o atum BOM PETISCO até à mesa dos portugueses. O BOM PETISCO é produzido nas fábricas da COFACO AÇORES onde, todos os anos, 530 pessoas trabalham manualmente milhares de toneladas de atum.

O BOM PETISCO combina a tradição da melhor conserva portuguesa com a irreverência de uma Marca que antecipa as tendências de mercado através das suas inovações, contando já com mais de 50 anos de história no mercado nacional.

BOM PETISCO
valores da marca

É nos Açores, nas unidades fabris de São Miguel e do Pico, que a COFACO faz nascer o atum BOM PETISCO. Através de um processo de produção aprimorado, com respeito pelo “saber fazer” passado entre gerações, o BOM PETISCO garante a confiança e a satisfação de uma conserva portuguesa autêntica.

A Marca BOM PETISCO honra os valores de qualidade e tradição, alicerces da sua fundação, no ano de 1962. Simultaneamente, ao longo dos anos, tem vindo a desafiar o “status quo” do segmento das conservas de atum, reforçando, assim, o seu estatuto de líder de mercado.

BOM PETISCO
sabia que?

Até ao final do século XIX, as conservas eram consideradas um produto luxuoso, associadas à elite social do regime industrial. Foi a chegada da II Guerra Mundial que ditou a expansão da indústria conserveira e, assim, a massificação das conservas de alimentos.

A origem da COFACO remonta às conservas TENÓRIO, que ficaram inicialmente famosas pela sua receita de atum em escabeche – uma receita que tempera o atum em vinagre, azeite, cebola e alho.

A COFACO AÇORES detém o estatuto de maior empregador feminino dos Açores, ao empregar mais de 350 mulheres nas suas fábricas em Rabo de Peixe (Ilha de São Miguel – Açores) e na Madalena do Pico (Ilha do Pico – Açores).

Anualmente, a COFACO AÇORES trabalha mais de 7 mil toneladas de atum.

CATARINA FERRAZ
CATARINA FERRAZ

Diretora de Marketing

contactos

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.